SEBRAE Cliente Sebrae

Compartilhe
Tapiocas da Tia Dê
Palmas/TO

Maria deixou o emprego público e abriu a primeira tapiocaria de Palmas

Conhecer bem os serviços do Sebrae foi um dos motivos que levaram Maria a decidir mudar de vida e se tornar sua própria patroa. Pioneira na venda de tapioca em Palmas, ela se prepara agora para abrir franquias de sua loja.

O Sebrae foi uma escola e tanto para mim. Aprendi sobre gestão, a fazer parcerias, como lidar com o público. Foi um laboratório.

01

Maria Adeneide Mendonça era servidora comissionada da prefeitura de Palmas (TO), mas queria mesmo era ser a própria chefe. Os 11 anos em que trabalhou como funcionária do Sebrae em Tocantins lhe inspiravam ainda mais a abrir o seu negócio.

Nos fins de semana, ajudava a mãe a vender tapioca em uma feira livre da cidade e percebeu que havia demanda pelo alimento nos outros dias da semana, já que até então era o único ponto de vendas na cidade. Em 2012, tomou a decisão que mudou o rumo de sua vida profissional: deixaria o serviço público para vender tapioca.

02
03

O Sebrae também foi um parceiro, ajudando-a a planejar o empreendimento com consultorias, pesquisa de mercado, capacitações e orientações para elaborar o plano de negócios.

04

Começou formalizando-se como microempreendedora individual (MEI) e vendendo como ambulante em um trailer alugado, com a ajuda do filho e de um funcionário. Por meio de parceria com uma marca de refrigerantes, conseguiu tenda, freezer, mesas, cadeiras e suportes de guardanapo. “Isso na época custava muito caro, e com essa parceria eu otimizei o meu dinheiro, diminuindo o investimento inicial, que foi baixo.”

Um ano depois da inauguração da Tapiocas da Tia Dê, o negócio mudou de MEI para microempresa (ME). A estrutura física também foi ampliada, e a tapiocaria se mudou para um espaço tipo contêiner em um ponto estratégico da cidade.

Aí o negócio bombou. Cheguei a ter nove funcionários e três chapas funcionando a todo vapor. Com a crise de 2015, tive que reduzir um pouco. A gente precisa ir se ajustando.

Oito anos após a abertura da tapiocaria e cinco após a crise, o negócio está se recuperando, e Maria quer crescer mais. A empresária já planeja a expansão para este ano de 2020 e trabalha no processo de abertura de franquias de sua marca.
Curtiu essa história?

Compartilhe essa história:

Essa história continua. Siga nas redes.

Queremos conhecer a sua história e como o Sebrae fez parte dela.

Conte sua história

Veja mais histórias de sucesso

Encontre histórias que têm a ver com você.
105 histórias
Filtros
UF
  • AC
  • AL
  • AM
  • AP
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MG
  • MS
  • MT
  • PA
  • PB
  • PE
  • PI
  • PR
  • RJ
  • RN
  • RO
  • RR
  • RS
  • SC
  • SE
  • SP
  • TO
Solução
  • Cursos e eventos
  • Fale com Especialista
  • Sebraetec
  • Empretec
  • Outros
Segmento
  • Vestuário e acessórios
  • Alimentação e bebidas ou gastronomia
  • Eventos
  • Beleza e estética
  • Construção civil
  • Oficina/mecânica
  • Sustentabilidade
  • Tecnologia
  • Transporte