SEBRAE Cliente Sebrae

Compartilhe
Chá e Arte
Curitiba/PR

Juliana abriu uma loja de chás, e sua marca já conta com 6 franquias

A partir de um projeto experimental que a empresária lançou quando ainda era estudante universitária, a empresa se tornou a primeira loja no Brasil especializada em infusões nacionais. O Sebrae é um parceiro desde o início e orientou a expansão do negócio.

É muito gratificante contar com o apoio do Sebrae nesse processo de crescimento, compartilhando conhecimento para a gente avançar.

01

Quando ainda cursava a faculdade de desenho industrial em Curitiba (PR), Juliana Treis aproveitou que sua mãe tinha uma loja de produtos naturais e criou uma linha de chás. Logo em seguida, inscreveu as embalagens que havia criado para o kit em um concurso de design promovido pela Associação Brasileira de Celulose e Papel (Abracelpa) e ficou em primeiro lugar.

Empolgada com o resultado, ela decidiu transformar a linha de chás em um negócio, em sociedade com a mãe. Assim, em 2001, nasceu a Chá e Arte, a primeira loja especializada em infusões da Região Sul. E também a primeira loja do segmento no Brasil a trabalhar com produtos nacionais e de fabricação própria.

Como Juliana não tinha experiência nem conhecimento em gestão, no primeiro ano de funcionamento, enfrentou algumas dificuldades na administração da empresa. Por isso, decidiu buscar ajuda no Sebrae. Lá iniciou uma consultoria e fez diversos cursos voltados ao empreendedorismo.

02
03

Hoje, 19 anos depois, eu digo que o Sebrae é o grande parceiro nosso, no sentido de promover essa questão do capacitação e do conhecimento, sempre nos orientando em toda a parte financeira, de atendimento ao cliente e de marketing.

04

Também por meio do Sebrae, a empresa entrou no projeto Franquias Paraná, que ajudou a formatar a marca para ser franqueada. Em seguida, participou do programa Alto Potencial, do Sebrae-PR, que auxiliou no planejamento estratégico de expansão da empresa no longo prazo.

Desde o início da parceria com o Sebrae, a Chá e Arte não parou de crescer. De acordo com Juliana, nos últimos anos o crescimento médio da empresa foi de 65% ao ano. O indicador de satisfação dos clientes cresceu 33% e produtividade aumentou 41%.

Hoje, são seis lojas franqueadas em Curitiba, com previsão de abertura de mais uma unidade em São Paulo ainda em 2020. Ao todo, há 40 pontos em dez estados.

Agora, Juliana está investindo ainda mais em inovação e novas estratégias de expansão, pois seus produtos são focados na experiência do consumidor. A Chá e Arte lançará também assinaturas de chá, com planos em que os clientes recebem kits mensalmente.
Curtiu essa história?

Compartilhe essa história:

Essa história continua. Siga nas redes.

Queremos conhecer a sua história e como o Sebrae fez parte dela.

Conte sua história

Veja mais histórias de sucesso

Encontre histórias que têm a ver com você.
89 histórias
Filtros
UF
  • AC
  • AL
  • AM
  • AP
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MG
  • MS
  • MT
  • PA
  • PB
  • PE
  • PI
  • PR
  • RJ
  • RN
  • RO
  • RR
  • RS
  • SC
  • SE
  • SP
  • TO
Solução
  • Cursos e eventos
  • Fale com Especialista
  • Sebraetec
  • Empretec
  • Outros
Segmento
  • Vestuário e acessórios
  • Alimentação e bebidas ou gastronomia
  • Eventos
  • Beleza e estética
  • Construção civil
  • Oficina/mecânica
  • Sustentabilidade
  • Tecnologia
  • Transporte