SEBRAE Cliente Sebrae

Compartilhe
Divino Orégano
Belém/PA

Flávia lançou rodízio de pizza em casa que ganhou prêmios e cresceu 40%

Ela deixou a carreira de assistente social para realizar o sonho de empreender. Seu negócio inovador chamou a atenção do Sebrae, que ajudou a empresa a crescer e se destacar. Hoje a empresária já atua em outros municípios e planeja abrir franquias de sua marca.

O trabalho do Sebrae em qualquer segmento é imprescindível para que qualquer empreendedor que pense em ter seu próprio negócio possa crescer e melhorar a gestão da empresa.

01

Assim que se formou como assistente social, Flávia Raiol começou a trabalhar na área em Belém (PA). Foram 16 anos de trabalho, atuando com muito empenho e dedicação. Mas, no fundo, não era exatamente aquele caminho que ela gostaria de seguir. Seu desejo mesmo era ter o próprio negócio.

Tudo começou a mudar durante uma viagem a São Paulo (SP), com seu marido, em 2015. Visitando uma feira de eventos na cidade, Flávia encontrou um estande que oferecia degustação de pizza. Tentou se informar sobre como conseguir um forno como aquele, mas o pizzaiolo se recusou a dar informações.

De volta ao hotel, coincidentemente no dia seguinte, ela e o marido assistiram, no programa Pequenas Empresas & Grandes Negócios, a uma reportagem sobre uma empresa que fazia pizza na casa dos clientes em Cuiabá (MT). A matéria informava também o tipo de forno usado, que, por outra coincidência, era vendido por uma empresa que ficava a poucas quadras de onde estavam hospedados.

“Compramos esse forno portátil, voltamos para Belém com ele e começamos a estudar como seria nosso negócio. Se não prosperasse, teríamos um forno para usar em casa.”

02
03

Para tirar a ideia do papel, buscaram o apoio do Sebrae e fizeram um plano de negócios. Pouco tempo depois, ainda em 2015, lançaram oficialmente a Santo Orégano, que depois mudou de nome para Divino Orégano Rodízio de Pizza em Casa.

04

Por ser inovador, o Sebrae ficou interessado em saber mais sobre o negócio e os convidou a participar do projeto Alimentação Fora do Lar, que Flávia considera um divisor de águas para a empresa. “Fomos incubados pelo projeto, que ainda estava no primeiro ano, era piloto. No final de 2015, fomos considerados um caso de sucesso do projeto, pois fizemos tudo certinho, seguimos todas as orientações.”

A empresária diz que a experiência lhes ensinou muito sobre gestão, como administrar melhor as finanças e lidar com os fornecedores. No ano seguinte, a empresa foi considerada novamente um caso de sucesso, além de ganhar diversos prêmios de inovação. De 2017 a 2019, também esteve entre os vencedores do Prêmio Melhores do Ano, da revista Negócios e Destaques, no Pará.

“Em 2018, durante a Copa do Mundo de futebol, fomos escolhidos para representar o Pará na Copa do Mundo de Pizza.”

Flávia destaca ainda que o Sebrae foi muito importante no processo de mudança de nome da empresa, que precisou ser trocado por questões burocráticas de registro. A questão também se transformou em uma ação de marketing, pois foi lançada uma enquete para escolher o novo nome, que também ganhou um novo logotipo.

Após o apoio recebido por meio da parceria com o Sebrae, a empreendedora estima que a empresa teve um crescimento de 40%. Hoje a Divino Orégano ampliou sua área de atuação e, além de Belém, realiza rodízios de pizza em casas de outros municípios do estado.

O negócio continuou crescendo até a chegada da pandemia. Com as medidas de isolamento social, os rodízios nas casas dos clientes foram suspensos, e a empresa passou a oferecer delivery de pizzas individuais semiprontas. "Com esse novo produto, conseguimos equilibrar as contas. Meu esposo mesmo que entregava. Decidimos entregar não só o produto, mas um serviço personalizado, com bilhetinho feito à mão, com o próprio dono da empresa fazendo a entrega.
A meta agora é começar a abrir franquias do negócio e, quando passar a pandemia, inaugurar um ponto físico. O conceito ainda não está totalmente definido, mas de uma coisa Flávia tem certeza: não será uma pizzaria convencional. "Será uma proposta inovadora que ainda estamos estudando para que a gente possa se diferenciar dos demais. Isso porque vendemos experiências gastronômicas e entretenimento, já que os clientes se envolvem, podem montar suas pizzas."
Curtiu essa história?

Compartilhe essa história:

Essa história continua. Siga nas redes.

Queremos conhecer a sua história e como o Sebrae fez parte dela.

Conte sua história

Veja mais histórias de sucesso

Encontre histórias que têm a ver com você.
105 histórias
Filtros
UF
  • AC
  • AL
  • AM
  • AP
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MG
  • MS
  • MT
  • PA
  • PB
  • PE
  • PI
  • PR
  • RJ
  • RN
  • RO
  • RR
  • RS
  • SC
  • SE
  • SP
  • TO
Solução
  • Cursos e eventos
  • Fale com Especialista
  • Sebraetec
  • Empretec
  • Outros
Segmento
  • Vestuário e acessórios
  • Alimentação e bebidas ou gastronomia
  • Eventos
  • Beleza e estética
  • Construção civil
  • Oficina/mecânica
  • Sustentabilidade
  • Tecnologia
  • Transporte