SEBRAE Cliente Sebrae

Compartilhe
Hair Perucas Brasil
Mogi das Cruzes/SP

Com sua empresa de perucas, Augusto se tornou parceiro de clientes famosas

O negócio começou por acaso, mas, com a ajuda do seu companheiro e de um bom trabalho nas redes sociais, ganhou clientes no Brasil inteiro. Com o apoio do Sebrae, o voo foi ainda mais alto, e o empresário chegou a vender 400 peças em um só mês.

O Sebrae te auxilia a entender o seu público, o mercado, a lidar com a burocracia e a evitar muita dor de cabeça. É essencial!

01

Com o sonho de crescer e de fazer algo diferente de sua vida, Augusto Lima deixou o Ceará e chegou a São Paulo (SP) aos 19 anos de idade. Nos primeiros dois anos, trabalhou com carteira assinada em uma empresa que fabricava peças para carros.

Cansado da rotina, pediu para ser dispensado e com o dinheiro do acerto fez um curso de comissário de bordo. “Quando eu terminei, já estava com o nome tão sujo, por dívida, que nem quis fazer a prova da Anac [Agência Nacional de Aviação Civil], pois sabia que não seria aceito.”

Decidido a dar uma guinada na vida que vinha levando, mudou-se para Mogi das Cruzes (SP) no fim de 2012. No início do ano seguinte, Augusto já fazia cursos de cabeleireiro e maquiagem, além de se apresentar como drag queen na cidade.

Como o trabalho artístico lhe exigia ter boas perucas, ele começou a conhecer as melhores lojas do ramo e a entender cada vez mais sobre o produto. Logo já estava negociando, divulgando em suas redes sociais e fazendo parcerias com fornecedores.

“Meu companheiro e eu ficávamos o dia todo respondendo mensagens de pessoas interessadas e vendendo perucas para todo o Brasil.”

02
03

A demanda era tão grande, que ele e o companheiro formalizaram-se como MEI (Microempreendedor Individual) e lançaram oficialmente a Hair Perucas Brasil.

04

Um dos pontos importantes para a ampliação do negócio foi encontrar uma boa fornecedora na capital, que vendia peças mais caras, mas de qualidade excepcional. O lucro das perucas vendidas, Augusto investia na compra do dobro de novas unidades. Assim, o faturamento e a lucratividade foram aumentando cada vez mais, e a empresa logo passou de MEI para ME.

Para lidar com o crescimento e melhorar a gestão do empreendimento, ele decidiu procurar o Sebrae. Os principais objetivos eram trabalhar melhor o marketing e profissionalizar o negócio.

“Participei de muitas palestras no Sebrae de Mogi, peguei catálogos, livros, e acessei muitos conteúdos no Portal. Eu sempre ligava, fazia consultoria, olhava no site.”

O sucesso da parceria foi enorme. Em um mês, a empresa chegou a vender 400 perucas. O negócio ganhou fama nacional, e Augusto chegou a trabalhar com famosos como Giovanna Ewbank, que ele produziu para o baile da revista Vogue. O empresário lembra que o maquiador da dupla Maiara & Maraisa também o procurou, interessado em perucas para as cantoras usarem no Carnaval, e comprou algumas peças. Além de atender clientes do Brasil inteiro, já enviou perucas para países como França e Itália.

Cresceu muito, eu jamais imaginaria que uma brincadeira se tornaria essa empresa com muitos negócios, que se tornou a paixão da minha vida. A cada dia que as mensagens no Instagram aumentavam, eu e meu companheiro tínhamos mais vontade de fazer um trabalho cada vez melhor.

Tudo ia bem até a chegada da pandemia, quando Augusto confessa que sofreu um abalo. Ficou um pouco desesperado, pois seus fornecedores só tinham estoque para os próximos quatro meses. O jeito foi negociar com um, comprar mais de outro, buscar novos produtos e aumentar o número de fornecedores. "No fim de 2020, a empresa já estava evoluindo de novo.
Para 2021, o empreendedor planeja fazer o mesmo sucesso dos anos anteriores, agora com o lançamento de um produto novo: uma peruca masculina diferenciada, que imita muito bem o couro cabeludo natural. "Vou trazer essa prótese para o mercado brasileiro. Tem muitos homens que estão ficando carecas e me procuram. Espero lançar até o mês de março." Além disso, já deu entrada na papelada para abrir um ponto físico de venda de perucas e salão de beleza.
Curtiu essa história?

Compartilhe essa história:

Essa história continua. Siga nas redes.

Queremos conhecer a sua história e como o Sebrae fez parte dela.

Conte sua história

Veja mais histórias de sucesso

Encontre histórias que têm a ver com você.
105 histórias
Filtros
UF
  • AC
  • AL
  • AM
  • AP
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MG
  • MS
  • MT
  • PA
  • PB
  • PE
  • PI
  • PR
  • RJ
  • RN
  • RO
  • RR
  • RS
  • SC
  • SE
  • SP
  • TO
Solução
  • Cursos e eventos
  • Fale com Especialista
  • Sebraetec
  • Empretec
  • Outros
Segmento
  • Vestuário e acessórios
  • Alimentação e bebidas ou gastronomia
  • Eventos
  • Beleza e estética
  • Construção civil
  • Oficina/mecânica
  • Sustentabilidade
  • Tecnologia
  • Transporte