SEBRAE Cliente Sebrae

Compartilhe
Carteiro Amigo
Rio de Janeiro/RJ

Carlos empreendeu e resolveu um problema de sua comunidade

Carlos é morador da Rocinha e conhece bem os problemas locais, como o endereçamento informal. Com ajuda do Sebrae, transformou o contratempo em oportunidade de negócio e criou um serviço de correspondência que foi expandido para outras comunidades do Rio de Janeiro.

O Sebrae foi muito importante para o nosso crescimento e para o nosso sucesso

01

Por morar na Rocinha e trabalhar como recenseador para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Carlos já conhecia alguns dos gargalos da região. Em suas pesquisas e conversas com a população percebeu que a dificuldade para receber correspondências era um problema geral de todos os moradores.

Os mais de 60 mil habitantes da Rocinha sentiam dificuldade para preencher formulários que pediam um endereço formal. Por isso, as correspondências eram entregues em pontos comerciais. “As cartas ficavam em pontos, como no Bar do Vavá”, conta.

02
03

Eu e mais alguns amigos decidimos entregar as cartas e assim surgiu o Grupo Carteiro Amigo.

04

Nesse período Carlos e três amigos do trabalho decidiram assumir a entrega de algumas cartas da comunidade que eram entregues pelos Correios em pontos comerciais. 

Os próprios amigos e agora sócios faziam a entrega, e cada visita rendia um ponto de localização. No início a dificuldade era cobrar os clientes pelo trabalho realizado.

Para implantar o serviço inédito na comunidade, eles investiram R$ 3 por cadastro realizado no sistema. Para organizar as cartas e entregas, o grupo alugou um espaço para ser a central de distribuição e assim ampliar a área de cobertura. 

Depois de três meses, nós pedimos demissão do nosso trabalho para nos dedicarmos em tempo integral ao Carteiro Amigo

O grupo ficou conhecido na comunidade e em pouco tempo ampliou o registro de informações para incluir outros dados além do endereço dos moradores. Com isso desenvolveram uma sequência de algoritmos para identificar a localização de cada moradia na Rocinha. 

Determinados a fazer o negócio crescer, o grupo procurou o Sebrae Rio de Janeiro para aprimorar o Carteiro Amigo. Participaram de diversas capacitações, como o Empretec e o Líder Cidadão.

Em 2011, o Carteiro Amigo tornou-se a primeira franquia a sair de uma comunidade carente. O grupo foi convidado a expandir para outras comunidades. Essa expansão aumentou sua lucratividade em cerca de 30%.

Hoje o Carteiro Amigo atua em diversas comunidades do Rio de Janeiro, e as as correspondências são entregues sem atrasos.
Curtiu essa história?

Compartilhe essa história:

Essa história continua. Siga nas redes.

Queremos conhecer a sua história e como o Sebrae fez parte dela.

Conte sua história

Veja mais histórias de sucesso

Encontre histórias que têm a ver com você.
89 histórias
Filtros
UF
  • AC
  • AL
  • AM
  • AP
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MG
  • MS
  • MT
  • PA
  • PB
  • PE
  • PI
  • PR
  • RJ
  • RN
  • RO
  • RR
  • RS
  • SC
  • SE
  • SP
  • TO
Solução
  • Cursos e eventos
  • Fale com Especialista
  • Sebraetec
  • Empretec
  • Outros
Segmento
  • Vestuário e acessórios
  • Alimentação e bebidas ou gastronomia
  • Eventos
  • Beleza e estética
  • Construção civil
  • Oficina/mecânica
  • Sustentabilidade
  • Tecnologia
  • Transporte